dicas para dinâmica em grupo
Carreira e Trabalho

Dicas para dinâmica em grupo: arrase no trabalho em equipe e apresentação

Antes de mais nada, tudo começa quando a empresa entende que precisa contratar novas pessoas para a empresa. A partir desse momento, a equipe de RH ou Pessoas começa a desenhar o perfil desejado, definindo características de trabalho que combinem com a cultura da empresa e competências para área específica onde a pessoa vai trabalhar!

Para exemplificar: para uma vaga de finanças, o RH provavelmente buscará um candidato com perfil mais analítico. Enquanto que para uma vaga de vendas ou atendimento ao cliente, o RH vai procurar um perfil mais comunicativo.

Com base nisso, o RH cria jogos, atividades ou desafios justamente para avaliar essas competências que são importantes para a empresa! Normalmente, a dinâmica de grupo tem duas principais atividades: a apresentação pessoal + case em grupoAté agora, tudo que o RH sabe sobre você, é o que está escrito no seu currículo: um descritivo sobre suas experiências. No entanto, fica impossível contar mais sobre seu estilo de trabalho e competências, em um documento por escrito.

Assim, a apresentação pessoal é justamente a oportunidade de contar a sua história, ou seja, mais do que “o que você fez”. Suas experiências mais marcantes, o que você aprendeu, percebeu sobre você mesmo… E, obviamente, o que está buscando para sua carreira.

Dicas para dinâmica em grupo

dicas para dinâmica em grupoAproveite esses poucos minutos de apresentação para chamar atenção para a sua trajetória. Assim, não basta dizer por onde passou, principais cargos e responsabilidades. Mais vale contar os marcos de sua história e seus principais aprendizados. Pensando nisso, a Seja Trainee criou um eBook com 10 passos para montar uma apresentação impactante.

Em seguida, partimos para o estudo de caso! Alguns exemplos são: leilão, jogo de perguntas e respostas, Escape 60 e tantas outras atividades criativas. É aí que entra a importância de trabalhar em grupo! Seja um jogo ou um case, a ideia é analisar como você age em grupo e lida com outros perfis. É nisso que os avaliadores vão ficar de olho!

Portanto, se sair bem em uma dinâmica não é somente entregar o melhor projeto ou a melhor solução, mas sim:
• Exercer uma liderança efetiva, principalmente nos processos seletivos de trainee;
• Contribuir com o grupo usando seus pontos fortes estrategicamente;
• Usar o melhor do seu perfil para lidar com conflitos, frustrações, mudanças e resistências;
• Conseguir negociar e buscar resultados com outros perfis diferentes do seu.

Se você ainda tem dúvidas sobre esses pontos, vale a pena conferir o eBook com cases reais para você se preparar para a dinâmica de grupo nas empresas.

Dessa forma, o que queremos mostrar é que o comportamento do candidato é de extrema importância no processo seletivo. Mesmo se você não tem tantas experiências na área onde quer trabalhar, você tem chances de ser aprovado nas empresas. O que não pode faltar é o autoconhecimento. Só assim você vai enxergar suas forças e motivações de carreira e conseguirá transmitir o seu potencial com mais confiança!

E você, tem outras dicas para a dinâmica?

por Jéssica Lopes
Gerente de Desenvolvimento Profissional na Seja Trainee

Este foi um texto escrito pelo pessoal do Seja Trainee, uma instituição parceira da Stone que, assim como nós, busca esticar e qualificar jovens talentos. Esse é o quarto de uma série de textos que serão produzidos com essa parceria, buscando ajudar os jovens talentos a entrarem no mercado de trabalho!