perfil de candidato
Carreira e Trabalho

O perfil de candidato que as empresas buscam em seus processos seletivos

Nem todas as empresas buscam o mesmo perfil de candidato, isso porque cada uma desenha o perfil de acordo com sua realidade. Nesse texto, vamos te ajudar a entender o perfil de candidato que as empresas buscam por meio dos seus processos seletivos! Pronto(a) para começar?

Toda vez que uma empresa tem uma demanda por contratação, o primeiro passo é pensar em como será esse cargo: qual a área de atuação, as responsabilidades, os entregáveis…

É por meio dessa definição que elas começa a olhar para as competências que o candidato precisa ter para aquela vaga.

Fora isso, o RH vai olhar também para pré-requisitos, como inglês, Excel avançado, e por aí vai… Por último, mas não menos importante, o RH sempre vai olhar é para a cultura da empresa (entenda mais sobre cultura organizacional neste texto), porque se o candidato tiver todas as condições de competências e pré-requisitos para a vaga, mas não se adequar a cultura da empresa, então provavelmente ele não terá um bom desempenho.

A cultura é o dia-a-dia da empresa. Se o candidato não concorda/acredita naquela linha de pensamento, ele pode se desmotivar facilmente. E é essa soma de fatores que determina o perfil de candidato que a empresa vai buscar: uma pessoa que tenha os pré-requisitos, as competências técnicas e, principalmente, alinhamento com a cultura.  (já falamos sobre a importância do fit cultural no blog aqui).

É válido dizer que, muitas vezes, o avaliador pode optar por contratar um candidato que não tem todas as competências para a área, mas que tem alinhamento forte com a cultura e se mostra disposto a aprender. As competências são passíveis de desenvolvimento, mas a cultura é algo que o candidato carrega de acordo com seus valores.

 

O perfil de candidato que as empresas buscam

E se você está se perguntando: “Como eu vou descobrir o perfil de candidato que a empresa está buscando?”, nós vamos te mostrar como você pode fazer isso se atentando a alguns detalhes do processo seletivo:

1. Entenda a vaga:

Normalmente, a empresa descreve sobre a área e o tipo de responsabilidades que vem com ela. Só por aí, você vai ter uma ideia boa das competências que são necessárias para cumprir com aquelas tarefas.

Por exemplo, se a vaga exige controle de informações, percebe-se que ter um bom planejamento e cuidado com detalhes é algo importante para garantir boas entregas.

Além disso, na própria descrição da vaga, a empresa costuma colocar os pré-requisitos, tais como: idiomas, graduação, ano de formação e conhecimento em algum sistema/ferramenta.

2. Conheça sobre a empresa e área

Outro passo importante é conhecer o histórico da empresa: estão crescendo? Tem um marketshare grande? Onde querem chegar? Fizeram fusões ou compras recentemente?

Os planos futuros da empresa dizem muito sobre seu DNA! E se o desafio da empresa chama a sua atenção, fazer parte da equipe que vai buscar esses resultados pode ser bem prazeroso.

3. Comunicação por e-mail

Preste atenção no jeito como a empresa se comunica com você: é uma empresa jovem ou mais tradicional? Qual o tipo de linguagem que estão usando? Como é o agendamento?

4. Ambiente

Algumas vezes, o processo seletivo é conduzido por consultorias de RH, mas em outros casos, o processo é feito dentro da empresa. Isso é um prato cheio para quem quer entender melhor como a empresa funciona.

5. Atividades

Outra coisa para observar são as atividades que são feitas ao longo do processo seletivo:

  • A empresa optou por atividades lúdicas?
  • Teve estudo de caso?
  • O processo foi mais tradicional ou inovador?
  • O RH deixou os candidatos à vontade?
  • As atividades colocavam pressão nos candidatos?
  • Você se sentiu desconfortável em algum momento?
  • Qual era o perfil dos candidatos que estavam com você na dinâmica de grupo?
  • Quem passou para a próxima fase tinha que tipo de perfil?

6. Participação de Gestores

Quem participou ao longo do processo seletivo? Os gestores estiveram presentes e observaram os candidatos de perto? Que tipo de perguntas foram feitas?

7. Condução da entrevista

Alguns pontos durante a entrevista são importantes para esse tipo de percepção: ela acontece em formato de bate-papo ou é mais estruturada? Você se sentiu à vontade? O que as perguntas exigiram de você?

Todos esses fatores são dicas do que a empresa está buscando para seus futuros funcionários!

Por isso, nosso maior conselho é: no processo seletivo, você está sendo avaliado pela empresa, mas não deixe de avaliar ela também! A maneira como o processo é conduzido é uma previsão de como a empresa funciona no seu dia-a-dia.

 

por Jéssica Lopes

Gerente de Desenvolvimento Profissional na Seja Trainee