Tag

pessoas

Jeito Stone

História, missão e cultura da Stone

A história da Stone começa antes mesmo de a empresa nascer há 5 anos. Ela herda um pouco da história dos nossos sócios-fundadores, que estão nesse negócio de pagamento há muito tempo. Acima de tudo, a história da Stone é uma história sobre como a gente se sacrificou — e ainda se sacrifica — pelo nosso cliente, o empreendedor.

Nascemos com o desejo de sermos protagonistas na transformação da indústria de pagamentos, lutando para evoluir um mercado arcaico e potencializar o nosso cliente, o empreendedor. Quer saber da onde esse desejo surgiu? Então, leia o texto abaixo:

Leia mais

Jeito Stone

3 conselhos para quem quer trabalhar na Stone

Recebemos inúmeras mensagens com uma única questão: o que é necessário para trabalhar na Stone? Não há segredos, mas temos sim algumas dicas para dar a você. 

Há um tempo, falamos aqui no blog sobre as culturas de autonomia e meritocracia de empresas como Google, Ambev, GE e a própria Stone, e como elas têm ajudado a atrair talentos e construir negócios vencedores. A verdade é que ter uma cultura forte é um grande diferencial para uma empresa, uma vez que ela cria um ambiente único de identificação e pertencimento para os colaboradores. 

Falando em atração de talentos, outro ponto importante em uma cultura, além da confiança e autonomia, é a valorização das pessoas. Quem não gosta de se sentir individualmente importante e considerado na equipe? É aquela teoria de “Rua X Casa” defendida pelo Roberto da Matta: na sociedade, as pessoas não sabem quem somos ou nossos gostos e nos identificam por números (RG, CPF, etc.); mas, em casa ou no trabalho, queremos ser tratados de forma pessoal, por nossos nomes ou apelidos, queremos que conheçam nossa história e do que gostamos ou não.

Diferente de muitas empresas, que tratam a seus “funcionários” como na “rua”, ou seja, apenas números na folha do Departamento Pessoal, nós da Stone tratamos nossas pessoas como realmente são: seres humanos. Não à toa, primeiro olhamos o histórico pessoal, hobbies e sonhos e depois o currículo. Parece estranho, mas é absolutamente isso. Queremos pessoas das quais gostamos tanto pessoal quanto profissionalmente, porque construímos uma relação forte e de longo-prazo com elas, como um casamento.

Por isso, não daremos dicas de como fazer um currículo bonito, criar um discurso vendedor ou sugerir cursos diferenciados. Daremos dicas simples do que é 100% essencial para trabalhar aqui: ser você mesmo. E para isso, você precisa de três coisas:  Leia mais

Áreas Stone

Você está fazendo sua parte para tornar o mundo mais encantador?

A Gabi passou um dia dentro da área de Relacionamento com o Cliente da Stone e nos conta como é um atendimento ao cliente diferente.

Eu vim do interior mineiro para o Rio porque queria alçar voos maiores do que aqueles que imaginava ter lá. “Não tem oportunidade? Cria!” Assim, vim para terras cariocas aprender tudo o que podia e realizar meu sonho de ajudar as pessoas a serem as melhores versões de si mesmas para um mundo mais empoderado. Leia mais